Carroça de Mamulengos

Oficinas

Como funciona

A atividade prevê a instalação de uma tenda ornamentada artisticamente onde integrantes do Carroça coordenam o preparo de comidas tradicionais, como pamonhas, farinha de mandioca, Mané Pelado (bolo de aipim), pães integrais, doces, etc. A preparação dos pratos é feita com utensílios tradicionais como gamelas, colheres de pau e avental de algodão cru. As crianças e adultos presentes observam, aprendem e participam. No final o alimento é compartilhado, celebrando assim o sonho coletivo de vida viva com fartura.

Brinquedos Populares

A Carroça sempre buscou em suas viagens recolher brinquedos populares compondo hoje, um amplo acervo. Alguns modelos foram escolhidos para realizar oficinas de confecção, sempre utilizando elementos naturais e reciclados. Os brinquedos são diversos e entre eles estão: Rói-rói, Corrupio, Mané Gostoso, Galinha, Traca-traca, entre outros.

Cameloturgia

Através de uma vivência coletiva, a companhia se propõe a fazer um diálogo sobre sua maneira de criação e montagem de seus trabalhos, apresentando sua linguagem estética de cena, com base no camelô de rua e na dramaturgia popular.

Bonecos

O Carroça, desde sua origem, sempre trabalhou com bonecos de várias linguagens e com isso, elaborou uma estética própria de construção, explorando elementos naturais como a cabaça, as sementes, o sizal, a madeira, a bucha entre outros. A duração da oficina é indeterminada, dependendo da construção dos bonecos, que podem ser gigantes, bonecos de vestir ( como boi, burrinha tradicional), bonecos de vara, máscaras e o que mais a imaginação presentear.